A Editora

A Editora da Universidade Federal da Bahia (EDUFBA) tem como finalidade a difusão da produção científica da Universidade, constituindo-se num canal de comunicação com a própria Instituição, bem como com a sociedade. Neste processo, há uma reciprocidade de influências que resulta não só no enriquecimento das partes envolvidas, como no estabelecimento de novas políticas acadêmicas.

A EDUFBA também executa trabalhos por demanda particular, a partir do interesse de autores independentes.

HISTÓRICO

A Universidade Federal da Bahia iniciou suas atividades em 1959, através do Departamento Cultural, publicando a revista Universitas, o Jornal da Universidade e diversas coleções. Em 1968, com a reforma universitária, esse setor foi extinto, sendo criado, em 1970, o Programa de Textos Didáticos, com a missão de publicar textos encaminhados pelos departamentos de ensino para auxiliar os estudantes nos diversos cursos. Em 1971, foi criado formalmente o Centro Editorial e Didático, englobando as atividades do extinto Departamento Cultural, o Programa de Textos Didáticos e o Núcleo de Recursos Audiovisuais, passando a funcionar de fato com esta estrutura a partir de 1972. Em 1974, já funcionando em prédio próprio, agregou também a pequena Gráfica Universitária. Em 1991, o Conselho Universitário aprovou a proposta de transformação do Centro Editorial e Didático em Editora Universitária, fato que se concretizou em 26 de abril de 1993. Em 1997, a Editora da UFBA passou a funcionar com a estrutura atual, distinta da Gráfica da UFBA, buscando a cada dia consolidar uma política editorial onde a qualidade de seu produto é sempre privilegiada.

A EDUFBA, na sua função de difusora do conhecimento produzido pelos pesquisadores da Universidade Federal da Bahia, já contabiliza mais de 800 títulos publicados nas diversas áreas temáticas e dispõe de três livrarias próprias, onde comercializa, além de sua produção, a de mais 60 outras instituições e algumas editoras privadas de todo o Brasil.

OBJETIVOS

  • Publicar originais aprovados pelo seu Conselho Editorial;
  • Propor convênios ou acordos visando a publicações em forma de coedições e de parcerias;
  • Auscultar e promover a demanda de publicações científicas, técnicas e profissionais (CTP);
  • Desenvolver coleções em diferentes gêneros e formatos, que atendam às necessidades da comunidade científica;
  • Atender demanda particular de autores independentes.

POLÍTICA EDITORIAL

A EDUFBA prioriza os seguintes tipos de publicação:

  • Livros resultantes de teses de doutorado e dissertações de mestrado;
  • Livros de apoio ao ensino de graduação, a exemplo dos que compõem a Coleção Sala de Aula e a Coleção Manuais;
  • Coleções temáticas, a exemplo da Bahia de Todos e Coleção Nordestina;
  • Coletâneas relacionadas às linhas de pesquisa dos programas de pós-graduação da UFBA;
  • Cadernos temáticos em forma impressa e digital.

SERVIÇOS

Além de ser responsável pelo projeto editorial e difusão da produção científica da Universidade, através da publicação de livros nas diversas áreas do conhecimento, a EDUFBA produz diversos materiais, atendendo a demandas internas e externas, referentes a eventos, congressos e outras realizações. Nesta linha, desenvolve trabalhos de identidade visual, criação e produção de cartazes, folders, outdoors, banners, anais, revistas, catálogos etc.

CONSELHO EDITORIAL

Alberto Brum Novaes
Angelo Szaniecki Perret Serpa
Caiuby Alves da Costa
Charbel Ninõ El-Hani
Cleise Furtado Mendes
Dante Eustachio Lucchesi Ramacciotti
Evelina de Carvalho Sá Hoisel
José Teixeira Cavalcante Filho
Maria Vidal de Negreiros Camargo