Gramática expositiva das coisas: a poética alquímica dos museus-casas de Cora Coralina e Maria Bonita

Autor(a): Clóvis Carvalho Britto
Ano: 2018
Área: Museologia
Editora: Edufba
Edição:
ISBN: 978-85-232-1723-5
Valor: R$ 35,00
Nº de Páginas: 224
Dimensões: 17 x 24 cm
Acabamento: Brochura
Peso: 0,390 g
Idioma: Português

Clovis Carvalho Britto escolhe os museus-casas de Cora Coralina, em Goiás (GO), e Maria Bonita, em Paulo Afonso (BA), para analisar a transmutação desses espaços, originalmente residências, em ambientes de lirismo, heroismo e drama. Em Gramática expositiva das coisas, o autor e museólogo apresenta sua pesquisa, na qual buscou entender como os objetos expostos nesses locais operam como unidades morfológicas para compor frases, construir histórias, formar antíteses: velhice/juventude; cidade/sertão; literatura/cangaço; acervo reunido e acervo disperso, abundância/escassez. Por isso, defende que os museus acionam uma “gramática” e uma poética.

Títulos Publicados