EDUFBA lança títulos no Seminário da Rede PHI Brasil

Lançamentos |

A Editora e a Faculdade de Arquitetura da UFBA, o Mestrado Profissional em Conservação e Restauração de Monumentos e Núcleos Históricos e o Programa de Pós-Graduação em Arquitetura e Urbanismo convidam para o lançamento dos livros Viollet-le-Duc e o restauro de Notre-Dame, de Mário Mendonça e Cybèle Celestino;  Diálogos metropolitanos: Lima | Salvador, organizado por Marco Aurélio Gomes e Wiley Ludeña; Para além dos jogos de futebol, de Any Brito Leal Ivo; Produção imobiliária da cidade de Salvador, de Glória Cecília dos Santos) e Salvador: os impactos da copa do mundo 2014 , organizado por Angela Gordilho Souza e (Re) Descobriram o Ceará?, de José Clewton do Nascimento. O evento acontece no dia 27 de agosto, às 18h, durante o Seminário da Rede PHI Brasil.

Sobre os títulos

Viollet-le-Duc e o restauro de Notre-Dame (Mário Mendonça de Oliveira e Cybèle Celestino Santiago)

O livro apresenta uma reflexão acerca da obra de restauração da Catedral de Notre-Dame de Paris, bem como sobre seu autor, o arquiteto francês Viollet-le-Duc e agrega-se às comemorações do bicentenário de seu nascimento. Trata-se de uma leitura enriquecedora para profissionais que se dedicam ao campo da conservação e do restauro. Inserida num contexto iniciado na segunda metade do século XX em que se procura resgatar a imagem do arquiteto, Viollet-le-Duc e o restauro de Notre-Dame apresenta múltiplos olhares acerca de seu legado, convocando à reflexão acerca da história e da teoria da conservação e do restauro.

Diálogos metropolitanos: Lima |Salvador (Marco Aurélio A. de Figueiras Gomes e Wiley Ludeña Urquizo (Org.) )

O título analisa os processos históricos de transformação e de construção das cidades de Lima, capital do Peru, e de Salvador. Contando com a dupla perspectiva de autores peruanos e brasileiros, o livro discute alguns dos problemas comuns que são hoje desafios para prática da arquitetura, do urbanismo e do planejamento urbanos nestas duas metrópoles latinas.

Para além dos jogos de futebol: o processo de reestruturação das cidades para a Copa de 2014 e a ‘marca Brasil’ (Any Brito Leal Ivo)

O título analisa como as grandes corporações internacionais contribuem para redefinir as escalas territoriais de poder, por meio de eventos de escala mundial. O autor não se limita à descrição dos investimentos urbanos preparatórios para sediar a Copa do Mundo de 2014, investigando questões que dizem respeito às contradições contemporâneas entre Estado, mercado e cultura, articulados nos limites do modelo de planejamento estratégico das cidades.

Produção imobiliária da cidade de Salvador: entre o público e o privado (Glória Cecília dos Santos)

O desafio à análise das cidades é constante, principalmente pelo fato de haver a necessidade de conhecer a totalidade das intenções formalizadas de produção do espaço construído. Nesse segmento, a autora faz um recorte buscando compreender os projetos de produção do construído para a cidade de Salvador. Abordar a complexidade e multiplicidade de forças assimétricas atuando na cidade, seus movimentos e perfis só é possível, portanto, com a sistematização, análise e a conferência de sentido crítico das construções do meio.

Salvador: os impactos da copa do mundo 2014 (Angela Gordilho Souza – Org.)

Resultado do trabalho realizado pelo Núcleo Salvador do Observatório das Metrópoles (projeto de pesquisa de abrangência nacional sobre o impacto dos megaeventos nas cidades-sede), o título conta com um conjunto de textos que apresentam diferentes reflexões e abordagens a respeito das consequências da Copa do Mundo de 2014 nas áreas urbanas brasileiras, com especial ênfase à capital baiana.

(Re) Descobriram o Ceará? Representações dos sítios históricos de Icó e Sobral: entre areal e patrimônio nacional (José Clewton do Nascimento)

A obra propõe uma discussão acerca das transformações do Estado do Ceará, sejam elas de caráter urbano, social, cultural ou representativo e se destina a compreender os sentidos da reconfiguração recente de realidades urbanas altamente historicizadas a partir da problematização das “condições de geração” e da apropriação de espaços que sofrem forte hegemonia normativa e política.

 

 

Serviço

O quê: Lançamento de títulos no Seminário da Rede PHI Brasil
Quando: 27 de agosto de 2015
Horário: 18h
Onde: Faculdade de Arquitetura da UFBA – Auditório Mastaba